Livros do N.T.

 

        Como o Senhor tem nos levado a ler todos os livros da Bíblia acompanhados de alguns comentários bíblicos, decidimos começar pelos menores até lermos todos o do Novo Testamento, completada a leitura vamos partir para o Antigo Testamento. 

        A aproximadamente dois meses viemos lendo os livros acompanhado de alguns comentários, mas somente agora no dia 02 de julho de 2012, Deus colocou em nosso coração o desejo de publicarmos em nosso site um resumo dos comentários, com alguns adendos nosso.       

        O Novo Testamento é composto de 27 livros: Evangelho de MateusEvangelho de MarcosEvangelho de LucasEvangelho de JoãoAtos dos ApóstolosRomanosI CoríntiosII Coríntios,GálatasEfésiosFilipensesColossensesI TessalonicensesII TessalonicensesI TimóteoII TimóteoTitoFilémonHebreusEpístola de TiagoPrimeira Epístola de PedroSegunda Epístola de PedroPrimeira Epístola de JoãoSegunda Epístola de JoãoTerceira Epístola de JoãoEpístola de Judas e Apocalipse[25]

        Desejo que todos façam um bom proveito e sempre que puderem e quiserem façam um link conosco informando erros, falhas, elogios... através do nosso e-mail: proflp.william@gmail.com

        Que o Senhor abençoe o seus estudos grandiosamente!!!

 

William Paixão - Professor

 

 

Contato

William Paixao

proflp.william@gmail.com

(021) 8566.8968

Pesquisar no site

A maior solidão é a do ser que não ama. A maior solidão é a dor do ser que se ausenta, que se defende, que se fecha, que se recusa a participar da vida humana.

A maior solidão é a do homem encerrado em si mesmo, no absoluto de si mesmo,
o que não dá a quem pede o que ele pode dar de amor, de amizade, de socorro.

O maior solitário é o que tem medo de amar, o que tem medo de ferir e ferir-se,
o ser casto da mulher, do amigo, do povo, do mundo. Esse queima como uma lâmpada triste, cujo reflexo entristece também tudo em torno. Ele é a angústia do mundo que o reflete. Ele é o que se recusa às verdadeiras fontes de emoção, as que são o patrimônio de todos, e, encerrado em seu duro privilégio, semeia pedras do alto de sua fria e desolada torre.

Vinícius de Moraes

© 2011 Todos os direitos reservados.

Crie um site grátisWebnode